O mau hálito e suas origens

O mau hálito pode indicar desequilíbrio no organismo, como problemas gástricos, bucais, renais, metabólicos e hepáticos. Com mais de 60 causas distintas citadas na literatura, a halitose tem origem bucal em 90% dos casos, principalmente devido a saburra lingual (camada esbranquiçada que se acumula no dorso da língua), alterações na quantidade de saliva, doença periodontal e higiene bucal insuficiente.


Apesar de menos constantes, outras origens também são possíveis, como transtornos gástricos, doenças pulmonares, alterações nas vias aéreas superiores e problemas no metabolismo.


A halitose crônica, além de ser queixa principal de diversas doenças, interfere nas relações sociais, na qualidade de vida e na autoestima de seus portadores. Sendo assim, esse problema demanda um diagnóstico preciso para possibilitar um tratamento eficiente e duradouro. Mantenha bons hábitos de higiene e visite seu dentista regularmente!


Fonte: CRO-SP


Posts Em Destaque
Posts Recentes